Convite ao despertamento bíblico em busca da verdadeira verdade e salvação.
 

“a letra mata e o espírito vivifica (2 Coríntios 3:6)”

Queridos, por muitos anos aprendemos que não devemos estudar a bíblia, pois nos foi ensinado que a palavra mata e o espirito vivifica. “porque a letra mata e o espírito vivifica (2 Coríntios 3:6)”
Mas será que a palavra do senhor é um veneno que mata?
Ou este é um erro de interpretação onde usamos uma frase fora do contexto para criar um pretexto?

Vou explicar:
Toda sociedade tem as suas chamadas expressões idiomáticas:
Exemplo: Judas deu um tiro em seu pé ao trair Jesus. (Judas atirou em seu próprio pé?)
Jesus é a videira (Jesus era uma planta?)
Por não termos conhecimento aprofundado dos costumes do passado ao isolarmos um texto sem ter o contexto todo que o envolve chegamos a interpretações erradas.
Outro exemplo de texto fora de contexto:
Judas se enforcou, ou seja vamos todos nos enforcar pois a palavra manda que nos enforquemos? Claro que não, mas acreditem existe um caso de um irmão da CCB que fez isso em uma cidade do interior de SP por interpretar erradamente uma palavra pregada na igreja.
Querem ver outro exemplo clássico dessa expressão onde nossos irmãos interpretam errado?
Lança teu pão sobre as aguas, que após muitos dias o encontrara, será que Deus mandou ter fé que um pão lançado na agua não iria se dissolver na agua ou ser comigo pelos peixes?
“Deus endureceu o coração de Faraó para que não liberte o povo do Egito” Se não entendermos os costumes antigos vamos interpretar que Deus pecou induzindo Faraó ao pecado, ou que Deus é incoerente, ou é bipolar? fala que vai libertar o povo e ele mesmo faz coisas para impedir. (Quer saber o real significado dessas passagens me consulte)
Assim irmãos também ao ler a passagem que diz que a palavra mata e o espirito vivifica 90% dos irmãos erram interpretando que Deus aconselha não estudar a bíblia a fundo.
Querem saber a minha opinião sobre isso?
Pois bem, eu não vou dar minha opinião, pois minha opinião não é a verdade, a verdade está na bíblica, conheça a opinião dela sobre o que acontece com as pessoas que leem de mais a bíblia, estudam e buscam a fundo sem medo da verdade.

E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. (João 8:32)
Lâmpada para os meus pés e tua palavra, e luz para o meu caminho (Sl. 119.105)
Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus. (Mateus 22:29)
Examinais as escrituras, porque jugais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim  ( Jo 5: 39 ).

 Estas passagens bíblicas falam por si só e mostram que Deus não é um assassino nos dando um veneno.
A parábola de das 10 virgens encontrada em Mateus  25, nos ensina que não nos adianta ser puros, é necessário ter a luz da palavra para enxergarmos o caminho a tempo, para que não fiquemos perdidos na escuridão, e nos alerta que mesmo que encontremos a verdade mais tarde, pode ser tarde de mais, pois a porta da graça tem prazo para fechamento, quem se atrasar em buscar vai ficar para traz e não será salvo.

Mas afinal então o que quis dizer o Apostolo Paulo com isso?

 “COMO TRADUZIR 2 CORÍNTIOS 3:7?”
Mais que traduzido, o texto precisa ser corretamente interpretado.
Se a Lei de Deus é o “ministério da morte”, então o Criador é um assassino, pois, Ele nos pede obediência (João 14:15).
Agora, se o ministério da morte for visto como a forma como a Lei era aplicada aí sim as coisas ficam fáceis de entender.
Não devemos nos esquecer que no contexto da carta aos Coríntios “O propósito do apóstolo era refutar aos seus adversários judaizantes de Corinto [... 2 Coríntios 11:22] cujo ministério era da “letra” e não do “espírito”.”
Os judaizantes que questionavam o ministério de Paulo haviam pervertido a compreensão correta da Lei e, por isso, a forma como eles ministravam os ensinamentos de Deus se tornou um fardo.
Também é importante lembrarmos que Paulo destaca nesse verso uma das funções da Lei: mostrar que somos pecadores (ler Romanos 3:20). Ela é chamada de “ministério da morte” por que mostra a nossa condição pecaminosa e, ao mesmo tempo, nos condena à morte eterna como punição (Romanos 6:23; ler 2 Coríntios 3:9). Por causa dos Dez Mandamentos sentimos a necessidade de um Salvador e consequentemente vamos a Ele para sermos salvos (por Ele).
Portanto, Paulo está argumentando o seguinte em 2 Coríntios 3:7: “A Lei não é o meio de salvação, assim como pensam os judaizantes. Ela mostra nossa condição miserável para recorrermos a Jesus.
Ela não tem função salvífica. Precisa ser obedecida com a ajuda do Espírito Santo (verso 6) por que é Ele quem a escreve no coração do ser humano (Hebreus 8:10)”. Longe de ser o caminho da salvação (Efésios 2:8, 9) a Lei é o resultado de um coração transformado pela graça de Jesus (Efésios 2:10; Tito 3:7-8). Paulo não está abolindo a Lei (mesmo porque Jesus não deu autoridade para ser humano algum fazer isso – ver Mateus 5:17-19), mas, colocando-a no seu devido lugar.
Se não fosse esse propósito do apóstolo, 1 Timóteo 1:8 perderia o sentido:

“Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela se utiliza de modo legítimo” 1 Timóteo 1:8.
A Lei de Deus existente em toda a Sua Palavra é considerada “santa, justa e boa” (Romanos 7:12). Não cremos que Paulo tivesse “dupla personalidade” ao ponto de afirmar que o mandamento “santo, justo e bom” seja “o ministério da morte” quando observado da maneira correta.

Estudar a Bíblia enlouquece e deixa o homem confuso?
Ok, então se a palavra não mata como vimos no texto da primeira página, então pelo menos podemos dizer que ela enlouquece?
Pois assim muitos o dizem:
-Não estude de mais a bíblia pois você ficara louco!
Deus não quer que você tente conhecer a fundo seus mistérios se não ele vai te castigar te enlouquecendo, não estude a bíblia
Você vai enlouquecer se tentar descobrir os mistérios do apocalipse, melhor nem ficar lendo...
Querem saber minha opinião sobre isso? Pois bem eu não vou dar minha opinião, pois sou humano, e minha opinião não representa a verdade, novamente vamos consultar a opinião da própria bíblia sobre isso. 

O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos. (Oséias 4:6)
E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. (João 8:32)
Lâmpada para os meus pés e tua palavra, e luz para o meu caminho (Sl. 119.105)
Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus. (Mateus 22:29)
" Examinais as escrituras, porque jugais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim  ( Jo 5: 39 ).

 E quanto ao estudo do Apocalipse e outras profecias bíblicas de difíceis compreensão? Ficamos loucos se tentarmos entender?

E temos, mui firme, a palavra dos profetas, à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça, e a estrela da alva apareça em vossos corações.
Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.
Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.(2 Pedro 1:19-21)

Veja que interessante a opinião da bíblia para quem estuda o Apocalipse e procura entender seu real significado por completo
Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo. (Apocalipse 1:3)

Conclusão, agora vimos que segundo a opinião da Bíblia ninguém morre ou fica louco por querer compreender a palavra de Deus, mas então de onde vem este costume de dizer que estudar de mais a bíblia nos enlouquece?
E por que a maioria das pessoas quando começam a ler a Bíblia começam a se sentir loucas ou confusas?
Para responder a essas perguntas, precisamos primeiro entender o que é loucura segundo a psicologia humana.

 

Dicionário: Loucura:

Sensação ou sentimento que foge do controle da razão,

Atitude imprudente, insensata;

Que perdeu a razão; alienado, doido, demente:

Ato de negar a verdade e tentar tornar algo irreal como se fosse real

Ou sejam, quando lemos a bíblia, passamos a conhecer a verdade, mas quantos ao ver seus erros apontados mudam suas atitudes?
Se loucura é a negação da verdade, e ao estudarmos a bíblia, passamos a conhecer a verdade, então a sensação de estar ficando louco só vem do ato de não querer se corrigir ao invés de andar nos caminhos que a bíblia ensina.
Ou seja, se você nega a bíblia e insiste em viver como estava vivendo, estará negando a verdade.
Ou se você é de uma determinada religião, e percebe que ela não é coerente com a bíblia, e continua seguindo sua religião errada, se torna louco, pois nega a razão, nega a verdade.
Aqui esta o ponto mais complicado, onde a maioria das pessoas erram, são orgulhosas e colocam a sua religião como sendo verdade acima da própria bíblia.
Se meu pastor disse que era assim, e a bíblia disse o contrário e dou preferência em continuar seguindo meu pastor, passo a ser um louco.
“Mais importa obedecer a Deus do que aos homens. Atos 5:29” daí a origem da frase que estudar de mais a bíblia nos enlouquece.

Segundo Jesus a verdade liberta, mas tem um detalhe importante:
Só para aqueles que aceitam a verdade, já os que a negam, esses ao invés de se libertarem enlouquecem.
Muitos ao começar a ler a bíblia e perceberem que ela tem uma opinião diferente da deles mesmos ou da sua igreja desistem de continuar os estudos, antes deveriam ser corajosos e perder o orgulho e aceitar seguir o caminho indicado pela bíblia.
Mas será que precisamos da bíblia não bastaria seguir o nosso coração? Mais uma vez a opinião da bíblia sobre isso

Aquele que segue o próprio coração engana a si próprio e conduz-se por caminhos perigosos: Há um caminho que parece direito ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte.
(Provérbios 16:25)
O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria, será salvo.
Provérbios 28:26
Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá? (Jeremias 17:9)

 Conclusão final: Estudar a Bíblia nos liberta e conduz a salvação, ela nos mostra os caminhos corretos a seguir e nos alerta dos perigos futuros que hão de vir para que não sejamos pegos de surpresa, esses perigos estão citados nas profecias.
Mas é necessário termo coragem para ir a fundo, e perder o orgulho para aceitar a opinião dela acima da nossa ou de uma igreja.
Quer aprender como estudar a bíblia uma vez que ela não tem um índice de onde encontrar o que procura, e aprender a decifrar os códigos secretos da bíblia? Então acesse www.deusfaloucomigo.com.br

"... Vai, Daniel, porque estas palavras estão fechadas e seladas até o tempo do fim. Muitos serão purificados, e embranquecidos, e provados; mas os ímpios procederão impiamente, e nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão" (Daniel 12:9-10).
Respondeu ele: A vós é dado conhecer os mistérios do reino de Deus; mas aos outros se fala por parábolas; para que vendo, não vejam, e ouvindo, não entendam. (Lucas 8:10)

 

www.deusfaloucomigo.com.br